Como Alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão!

Você sabe o que te faz feliz? Você sabe qual é a sua vocação e a sua missão vida? Perguntas difíceis de responder, não é mesmo? Porém, fundamentais, para alinhar a sua Paixão, Profissão, Vocação e Missão.

Continue lendo o artigo e saiba como alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão, como o Fotógrafo e Empreendedor Sebastião Salgado, a fim de ter uma vida abundante e repleta de sentido!

Neste post, listo ideias, a fim de lhe ajudar a:

  • Encontrar a sua razão de ser;
  • Estabelecer metas para cumprir a sua missão de vida;
  • Alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão, como o Fotógrafo e Empreendedor Sebastião Salgado.

Receba Sacadas de Fotografia e Saiba Como Fotografar Imagens Impossíveis De Serem Ignoradas!

Descubra Como Alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão!

Você pode estar se perguntando: “como faço para alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão?”

Para tal, é necessário encontrar o seu porquê/razão de ser e a sua habilidade única.

Ikigai

Ikigai, palavra de origem japonesa que significa “razão de ser”, é uma fermenta de autoconhecimento, que alinha realização pessoal e profissional.

Tal conceito advém do povoado japonês, de Ogimi (local com porcentagem de pessoas centenárias acima da expectativa de vida média japonesa).

E foi descrito no livro Ikigai – Viva bem até aos Cem, de autoria dos espanhóis Héctor García e Francesc Miralles.

Os autores do livro estudaram os hábitos do povoado japonês Ogimi (grupo de ilhas ao sul do Japão) e descobriram que uma das razões da longevidade dos moradores era encontrar algo que desse sentido à vida, já que isso os fazia seguir em frente e os mantinham motivados.

Tal entendimento foi corroborado por um estudo conduzido por pesquisadores da University College London, Princeton University e Stony Brook University que descobriu que pessoas que tinham um porque (seja qual fosse ele, cuidar dos filhos, pais, casar, abrir uma empresa ou revolucionar o mundo) tinham 30% menos chances de morrer do que as demais.

Qual é o seu Ikigai?

Preencha o seu Ikigai numa folha de papel, a fim de ter uma melhor visão das 4 seções (Paixão, Missão, Vocação e Profissão).

O Ikigai se dá na intersecção das 4 seções.

Vale ressaltar que pode haver diferentes Ikigais, desde pequenas metas e prazeres/realizações, como andar de bicicleta diariamente até grandes objetivos e conquistas, como revolucionar o seu mercado ou melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Como Transformar Sonhos Em Realidade E Ganhar Dinheiro!

Então, vamos ao preenchimento da ferramenta Ikigai?

Para tal, responda às perguntas:

1. O que você ama fazer

Qual é sua paixão? O que ama?

2. O que você pode fazer bem

Tal seção se refere à sua vocação.

No que você é bom?

Quais são seus pontos fortes?

O que sabe que pode fazer bem?

O que outros valorizam em você? Pergunte também para amigos, colegas e familiares.

3. O que você pode ser pago para fazer

Que profissão poderia exercer que esteja alinhada com suas reflexões anteriores?

O que você faz e que outros estão dispostos a pagar? Pense no maior número de trilhas possível.

4. O que o mundo precisa

Qual é sua missão na Terra?

O que você pode conquistar que ajudará outros, por exemplo, a tornar o mundo melhor ou agregar valor social?

Acredite: todo mundo guarda isso dentro de si.

Pense em atividades que você está qualificado para executar e que poderiam fazer a diferença na vida de outras pessoas.

Aqui, você pode resgatar as possíveis trilhas que descobriu na seção anterior para validá-las e torná-las possibilidades reais.

Vale lembrar que não há respostas certas ou erradas.

Ademais, não há um tempo específico para completar a ferramenta.

Tais perguntas foram baseadas no artigo Como o Ikigai Pode Ajudar A Encontrar O Seu Propósito

A Minha Jornada Em Busca Da Autorrealização Pessoal E Profissional

Veja 2 Ferramentas para tirar Sonhos do papel e alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão!

Após responder às perguntas das seções, estabeleça metas para atingir exercer o seu Ikigai e, principalmente, para ter uma vida plena e repleta de sentido.

Descubra Como Estabelecer e Atingir Suas Metas Sem Saber Planejar!

Ferramenta SMART

Saiba como definir as suas metas baseado na ferramenta SMART:

ESpecífico (O quê): especifique, defina, detalhe;

Mensurável (Quanto): quantifique;

Atingível/factível (Como): defina como alcançará o objetivo;

Realístico (Por que): descreva o seu por que;

Tempo (Quando): defina um prazo.

Ferramenta 5W2H

Aprenda a elaborar um Plano de Ação em 7 Passos (baseado na Ferramenta 5W2H – What, Why, Who, Where, When, How, How Much)!

  1. O que será feito (quais ações serão implantadas ou desafio será solucionado)?
  2. Por que é importante implantá-las (motivo, objetivo, benefício e resultado esperados)?
  3. Quem será o responsável por executá-las?
  4. Onde?
  5. Quando serão executadas (cronograma de ações, estabelecimento de prazos)?
  6. Como tais ações serão executadas (processos – definição do passo a passo para atingir o objetivo pré-determinado)?
  7. Quanto custará para implantá-las (definição do orçamento, dos recursos necessários e do custo total)?

2 Pulos Do Gato

  1. Divida seus objetivos em projetos menores (no mínimo, 3) e separe as suas tarefas entre profissionais e pessoais.

Para tal, faça um checklist diário e acrescente as atividades que realizou, mas que não estavam no planejamento inicial.

Também analise quantas eram profissionais e quantas pessoais, a fim de saber se há um equilíbrio entre a sua vida pessoal e profissional.

  1. E, por fim, defina seus objetivos na Plataforma Todoist, pois ela lhe lembra de constantemente das metas que estabeleceu, anteriormente, e lhe “cobra”, para que as alcance.

Tal ação é muito válida, já que quando você define um objetivo no papel apenas, acaba se esquecendo da meta e, assim, relegando os seus sonhos a um segundo plano.

Vale lembrar que resultados verdadeiros e duradouros levam tempo para serem alcançados e são proporcionais ao esforço empregado.

Confira Os 7 Melhores Conselhos Que Já Recebi Sobre Felicidade!

Saiba Como Alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão, como o Fotógrafo e Empreendedor Sebastião Salgado!

Sebastião Salgado nasceu, em 1944, em Conceição do Capim, distrito de Aimorés (Minas Gerais), maior região mineira do mundo.

Aos 15 anos, mudou-se para Vitória, no escopo de cursar os Ensinos Médio e Superior.

Na capital capixaba, formou-se em Economia e, não, em Direito, como desejava o seu pai.

Lá, conheceu Lélia, com quem iniciou um romance. Tempos depois, eles se casaram e se mudaram para São Paulo.

Após terminar a graduação na Universidade Federal do Espírito Santo e o mestrado, na Universidade de São Paulo (USP).

Migrou para Paris (devido à Ditadura Militar vigente no país), seguindo o conselho da organização de esquerda, de que fazia parte.

Na “Cidade Luz”, estudou Economia.

Missão de Vida de Sebastião Salgado

Exilado na França, iniciou o Doutorado em Economia Agrícola, porém, não defendeu a tese, apesar de ter desenvolvido uma dissertação sobre o assunto.

Após algum tempo, mudou-se para Londres.

Neste período, Sebastião trabalhou também na Organização Internacional do Café, na capital inglesa, o que lhe permitiu, durante uma viagem de negócios à África, realizar a sua primeira sessão fotográfica e, principalmente, de descobrir a sua verdadeira vocação: a Fotografia.

A partir de então, Lélia passou a administrar a carreira de Salgado, dando ideias e sugestões, divulgando e negociando contratos do fotógrafo.

Os Primeiros Passos de Sebastião Salgado na Fotografia

Na capital inglesa, decidiu seguir a carreira fotográfica. Para tanto, vendeu tudo o que tinha e retornou para Paris.

Resolveu, então, abandonar o seu ofício e investir em uma nova profissão.

Começou sua carreira fotográfica, aos 29 anos.

Como fotojornalista, trabalhou para as agências Sygma (6 meses), Gamma, uma das maiores agências fotojornalísticas (4 anos) e a cooperativa fotográfica francesa Magnum, em que ficou 15 anos.

Em 1977, Salgado realizou uma viagem pelas Américas do Sul e do Norte (México), a fim de fotografar as comunidades indígenas e camponesas desta região.

Terminou a odisseia em 1984 e, em 1985, lançou o seu primeiro livro Outras Américas.

Entre 1983 e 1986, fotografou o Sahel (região situada na africana subsaariana, assolada pela seca e pela partilha da terra).

Lançou o livro Sahel: O Homem em Agonia (1986).

Em 1994, deixou a agência Magnumfundou a agência Amazonas (sucursal de notícias localizada na França, que cuida apenas da produção e da obra de Sebastião), administrada por Lélia Wanick Salgado.

Trabalhadores (1997), seu terceiro livro, baseado na Teoria Do Trabalho Produtivo, do sociólogo alemão Karl Marx (1818 – 1883), retrata as pessoas que construíram o mundo, na visão de Sebastião e Lélia.

Sebastião fotografou, desde os mineiros de Serra Pelada até os pescadores de atum da Sicília, na Itália.

Curtindo Descubra Como Alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão?

Êxodos

Após terminar de fotografar e editar Trabalhadores, Sebastião e Lélia planejaram cuidadosamente Êxodos (2000).

Os artistas voltaram a sua atenção à África: Ruanda e Congo, para onde os refugiados ruandeses migraram, devido à guerra civil em seu país, e à antiga Iugoslávia (1994 – 1995), durante a guerra civil naquela nação.

Tal projeto levou 6 anos para ser concluído.

Após Êxodos, Sebastião perdeu a crença na raça humana, devido às atrocidades que viu e viveu tanto na África quanto na Iugoslávia.

Decidido a abandonar a Fotografia, devido ao choque causado, pelo trabalho realizado no Projeto Êxodos, voltou ao Brasil, em 2000.

Neste período, Lélia teve a ideia de replantar árvores da propriedade, local onde Tião cresceu, já que o local tinha 0,5% apenas de floresta tropical, mas já tivera 50%.

Nascia, então, o Instituto Terra e um Parque Nacional.

Genesis

Após observar a natureza destruída da fazenda de sua família reflorescer, Salgado teve o desejo de retratar locais intocados.

E, assim, apresentar um novo planeta. Esta foi a força motriz, por trás do Projeto Genesis.

O nome faz referência ao dia da Criação (Gênesis), já que 50% do planeta permanecem como naquele período.

Mesmo amigos o desaconselhando a realizar o projeto, pois achavam muito arriscado, Salgado aprendeu a fotografar paisagens e realizou com maestria Genesis.

Sebastião começou a jornada no início de 2004, e a terminou no final de 2011.

O fotógrafo viajou, cerca, de oito meses por ano, para realizar o projeto.

Sebastião visitou 32 regiões remotas, divididas em cinco seções geográficas:

  1. Planeta do Sul;
  2. Santuários;
  3. África;
  4. Espaços do Norte;
  5. Amazônia e Pantanal.

Sebastião visitou as 32 regiões, a fim de registrar a majestade e a beleza da natureza, sua relação com o homem e os animais, bem como de registrar comunidades alheias às transformações ocorridas ao longo dos séculos, porquanto mantêm suas tradições ancestrais.

Com tal trabalho, Sebastião busca levar os espectadores a refletirem acerca da vida nos grandes centros e, principalmente, do seu papel na conservação do planeta.

Agora, chegou a sua vez de sonhar e, principalmente, de agir!

Conclusão de Descubra Como Alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão

Sonhe, Sonhe Alto e Muito

Tal qual Sebastião Salgado, decida e tenha coragem de lutar pelos seus sonhos (seus maiores bens) e, principalmente, de pagar o preço para alcançá-los.  Você só terá a ganhar com tal decisão!

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos. 

Fernando Teixeira de Andrade

Receba Sacadas de Fotografia e Saiba Como Fotografar Imagens Impossíveis De Serem Ignoradas!

Curtiu Descubra como alinhar Paixão, Profissão, Vocação e Missão? Compartilhe e inspire outras pessoas a realizarem os seus sonhos!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um − um =