As 5 Melhores Práticas Para Você Otimizar As Suas Imagens!

Confira As 5 Melhores Práticas Para Você Otimizar As Suas Imagens, a fim de aparecer bem ranqueado nas buscas e de ser encontrado pelo cliente certo.

Saiba como gerar tráfego orgânico (gratuito) e qualificado (usuários que estejam interessados nos seus produtos e serviços) para o seu site.

Neste post, listarei as 5 Melhores Práticas Para Otimizar As Suas Imagens:

  • Como comprimir e salvar as suas imagens (extensões de Arquivo);
  • Como fazer a descrição das suas fotos, com o uso de palavras-chaves;
  • 6 plataformas e 5 Plug-ins de Compressão de Imagens;
  • 3 Ferramentas gratuitas para testar a velocidade de carregamento do seu site;
  • Como escrever um texto otimizado para os mecanismos de busca.

Confira As 5 Melhores Práticas para otimizar as suas imagens! 

1. Extensões de arquivo

O primeiro passo para uma boa otimização é salvar as suas imagens no Photoshop, por meio da opção Salvar para Web” (Alt + Shift + Ctrl + S – atalho da ferramenta).

Ao salvar suas imagens, opte pela extensão de arquivo mais indicada, de acordo com as suas necessidades:

1. JPG (Joint Photographic Experts Group): extensão mais adequada para a compressão de fotos digitais, também é indicada para fotografias e imagens detalhadas e que contenham muitas cores;

2. PNG (Portable Network Graphics): extensão mais indicada para gráficos, animações, desenhos e imagens com fundo transparente.

A qualidade da imagem é definida pela quantidade de cores, portanto, quanto menos matizes, menor a qualidade e o tamanho do arquivo.

Ao optar pelo PNG, selecione a opção PNG-24 (compressão sem perda de qualidade, porém, é mais pesado que o JPG e o PNG-8), já que o PNG-8 apresenta grande perda de resolução.

Lembre-se de evitar usar arquivos de terceiros e imagens em PNG.

3. WebP: criado pelo Google, o formato reduz o tamanho das imagens sem que haja perda de qualidade.

Tal redução aumenta a velocidade de carregamento dum site.

Como base de comparação, as imagens WebP reduzem, em média, 26% do tamanho de arquivos em PNG e entre 25% e 34% em comparação com o JPEG, mantendo a mesma qualidade.

2. Otimize As Suas Imagens Para Os Mecanismos De Busca Com O Uso De Palavras-Chaves 

Após gravar as suas fotos, faça uma breve descrição, com o uso de palavras-chaves cauda longa (de 4 a 8 palavras específicas/descritivas):

  • Para descrever a imagem, pense como faria a busca desta foto;
  • Depois salve a imagem com estes termos separando-os com hífen, por ex, desfile-de-7-de-setembro-em-Campinas;
  • Ademais à breve descrição das suas imagens, adicione um texto alternativo, com a palavra-chave exata ou com uma variação desta (por ex, Parada dia da
    Independência) e sem traços, a fim de ajudar na indexação destas pelos mecanismos de busca, quando a foto não carregar.

Confira 3 Dicas De Como Fotografar Imagens Impossíveis De Ignorar!

Saiba como escolher a palavra-chave ideal para suas imagens!

Tais dados podem ser obtidos no Keyword Planner (plataforma do Google) e na Ubersuggest.

KeywordPlanner: a plataforma do Google sugere palavras, a partir de termos genéricos digitados por você e também indica a média de pesquisas mensais e a concorrência para cada vocábulo.

Para fazer a pesquisa de palavras-chave no Keyword Planner, é necessário ter uma conta no Google Ads.

Para tal, acesse o Google Ads, crie uma campanha fictícia, a fim de realizar a pesquisa de palavras-chave. E simule a criação de um anúncio e opte pelo pagamento por boleto bancário, pois não haverá o pagamento automático.

Ao finalizar a criação fictícia da campanha, você receberá um e-mail de confirmação de cadastro no Google Ads.

Chegou a hora de fazer a pesquisa de palavras-chave.

Então, vamos ao passo a passo?

1. Clique em “Ferramentas e Configuração” (ícone de chave – canto superior direito);
2. Na coluna “Planejamento” (lado esquerdo), selecione a opção “Planejador de palavras-chave”;
3. Clique em “Descobrir novas palavraschave”;
4. Em seguida, digite as palavras que deseja analisar. Use os filtros de pesquisa disponíveis;
5. E, por fim, faça uma análise do resultado da pesquisa e decida quais palavras usar.

Ubersuggest: a ferramenta sugere palavras, a partir de termos genéricos digitados por você e também indica o volume e a dificuldade de uma determinada palavra-chave.

Vale lembrar que o uso de palavras-chaves cauda longa apresenta taxas de conversão maiores, apesar do menor volume de buscas, uma vez que o usuário já faz a pesquisa direcionada a uma necessidade específica.

Gostando de As 5 Melhores Práticas Para Otimizar As Suas Imagens?

Continue lendo e confira mais 3 dicas para otimizar as suas imagens!

  • 6 plataformas e 5 Plug-ins de Compressão de Imagens;
  • 3 Ferramentas gratuitas para testar a velocidade de carregamento do seu site;
  • Como escrever um texto otimizado para os mecanismos de busca.

3. Comprima As Suas Imagens Utilizando Plug-Ins Gratuitos 

Para além do Photoshop, você também pode comprimir as suas imagens, com o auxílio dos plug-ins, para WordPress: Kraken, TinyPNG, Compress JPEG & PNG images (é possível otimizar as  imagens da biblioteca do seu site, por meio da opção bulk optimization) e WP Smush (utilizo e recomendo este).

Obs.: instale apenas um dos plug-ins que tenham a mesma função, pois um pode interferir no outro e, principalmente, retardar o carregamento do seu site.

4 Plataformas de compactação Gratuitas para JPG:

Kraken.io: a plataforma permite a compressão com e sem perda de qualidade da imagem;

JPEGmini: a ferramenta além de comprimir as imagens, possibilita o cotejamento entre o arquivo original e o compactado antes de fazer o download da foto;

*As plataformas citadas acima possuem versões pagas, as quais permitem o redimensionamento e armazenamento na nuvem (Kraken) e integração ao Adobe Lightroom (JPEGmini).

2 Plataformas Gratuitas de compactação para PNG

Compress PNG e TinyPNG (plataforma que utilizo): ambas as ferramentas compactam até 20 arquivos simultaneamente e também comprimem os formatos JPG e PDF (CompressPNG) e JPG (TinyPNG);

Obs.: Faça o upload das suas imagens já no tamanho que deseja, evitando assim o redimensionamento das fotos.

Caso deseje carregar o arquivo com qualidade máxima, opte por imagem de miniatura ou por tamanhos menores que o original, os quais podem ser ampliados pelo usuário.

Tenha menos fotos e elementos no seu site e evite usar arquivos de terceiros e imagens em PNG.

7 Melhores Práticas Para Você Gerar Mais Visitas!

4. Teste A Velocidade De Carregamento Do Seu Site 

Minifique (tornar os arquivos mais leves) a compactação da CSS, do JavaScript e do HTML.

Para realizar a minificação (ação que gera uma redução do tamanho do arquivo de 20% a 30%, na maioria das vezes), use a ferramenta Minifycode ou os plug-ins AutoptimizeBetter WordPress Minify, W3 Total Cache, considerado por especialistas omelhor plug-in, e WP Fastest Cache.

Para aumentar consideravelmente a velocidade de carregamento e o desempenho do seu site, é fundamental mexer nas configurações (escolher Enable) do plug-in, ativar as extensões dele, como o Yoast SEO e o Cloudflare (é mandatório registrar-se antes, seja pelo site da empresa ou pela interface do W3TC) e limpar a memória frequentemente.

Mais uma vez ressalto, instale apenas um dos plug-ins que tenham a mesma função, pois um pode interferir no outro e, principalmente, retardar o carregamento do seu site.

5 Ferramentas gratuitas que analisam a velocidade da sua página

Após seguir os passos das etapas anteriores, chegou a hora de analisar a velocidade da sua página e a dos seus concorrentes também.

Para tal, use a plataforma GTmetrix e o PageSpeed Insights, do Google.

Já as ferramentas WebPageTest e Pingdom, além de medirem a velocidade, também indicam quais os arquivos demoram mais para carregar.

Todas estas ações visam o rápido carregamento do seu site, uma vez que uma pesquisa realizada pela Kissmetrics indicou que 47% dos usuários esperam que um sítio carregue em 2 segundos ou menos e que 40% abandonam precocemente se não carregar em até 3 segundos e um levantamento da Econsultancy revelou que 88% dos internautas que acessam um portal lento são menos propensos a comprar desta empresa.

Já o Google PageSpeed Developers, recomenda que o carregamento completo da página em um dispositivo móvel ocorra em menos de 2 segundos.

Tais fatores podem gerar queda nas conversões (ação que deseja que o usuário realize, por ex, cadastro de e-mail, assinatura da newsletter), mas, principalmente, a perda de uma potencial venda e de um futuro cliente.

Descubra Como Escolher A Melhor Hospedagem De Sites

5. Otimize O Seu Texto

E, por fim, escreva um post otimizado para os mecanismos de busca.

Para tal, seu post deve ter, no mínimo, 300 palavras. No entanto, é recomendável produzir um texto, com 1.000 palavras ou mais, pois o Google privilegia conteúdos longos.

Ademais, seu post deve ser dividido em parágrafos de, no máximo, 6 linhas (composto de frases curtas), com alinhamento do texto à esquerda, a fim de facilitar a leitura do texto; mas, principalmente, de oferecer uma boa experiência ao usuário;

Já a palavra-chave e/ou uma variação dela deve ser usada no primeiro parágrafo do texto e nos cabeçalhos (H2, H3 e H4 – separados por subtítulos);

Também adicione links externos e internos (conteúdos relacionados ao tema tratado no seu post).

Tal tática gera valor ao usuário, já que ele poderá se aprofundar em um determinado tópico (seja no seu site, seja num sítio de terceiro).

Já os links internos aumentarão o tempo de permanência no seu site, o que é um fator de ranqueamento do Google;

Ademais, é fundamental usar a palavra-chave na meta descrição (texto descritivo, porém, resumido do seu post).

Tal descrição deve instigar o internauta a clicar no seu link, por meio de uma chamada para ação (por ex, “confira”, “veja”, “reflita” e, assim, por diante), já que
tal tática aumenta a taxa de cliques.

Para tal, conte um pouco da sua história, do que te levou a optar por tal caminho, a fim de tocá-lo e, assim, criar uma conexão emocional com o seu leitor.

E, por fim, publique o depoimento dos clientes que compraram os seus produtos e/ou serviços (prova social da qualidade).

Vale lembrar que o passo a passo de otimização foi baseado no WordPress.

Conclusão

Ao longo da minha jornada, como Empreendedora Digital, aprendi e apliquei as táticas contidas nesse artigo.

Tais táticas visam te ajudar aparecer bem posicionado nas buscas, já que segundo a Retailing Today, 81% dos clientes realizam pesquisas on-line antes de comprar.

E, de acordo com a GoDaddy, as taxas de conversão são, em média, 10 vezes maiores na pesquisa orgânica do que em redes sociais.

Em suma, aparecer bem ranqueado nos mecanismos de busca é fundamental para o sucesso do seu Negócio.

Curtiu As 5 Melhores Práticas Para Você Otimizar As Suas Imagens e Gerar Mais Visitas!? Compartilhe!

Antes de imprimir, pense. O meio ambiente agradece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 8 =